Horário: Seg-Sex 08h00 às 17h30

comercial@trino.cnt.br (11) 4166-5303

Obrigações do Empreendedor Com o Fisco

Quais obrigações o empreendedor tem com o Fisco na gestão de seu negócio?

Abrir um negócio é, para muitos, um sonho. Mas o processo de abertura de uma empresa é bastante complexo para quem cumpre as leis e faz tudo de maneira lícita e transparente. Isso não pode ser um impeditivo para quem deseja se tornar um empreendedor. Por isso, é fundamental que os interessados em investir no mundo dos negócios se cerquem de bons profissionais, especialistas nas diversas áreas relacionadas à abertura da empresa e, desta forma, consigam cumprir todos os requisitos para fazerem tudo corretamente. E o objetivo deste conteúdo é justamente abordar um dos temas relacionados a isso. Buscaremos responder e aconselhar sobre a seguinte questão: quais obrigações o empreendedor tem com o Fisco na gestão de seu negócio? Citaremos quais são os trâmites a serem acompanhados para que tudo fique dentro da lei.

 

Emissão das Notas Fiscais

Este é um dos procedimentos básicos em uma empresa. Mas, embora conhecido pela maioria das pessoas, muitas vezes não é instituído corretamente. A Nota Fiscal é o que permite à Receita fiscalizar e rastrear as movimentações financeiras de um negócio, evitando eventuais irregularidades. Também há a modalidade eletrônica, mas o fato é que um empreendedor tem a obrigação de emitir notas sempre que realizar uma atividade.

 

Balanço patrimonial

Outra obrigação na área de contabilidade é a apresentação do balanço patrimonial. Ele é uma demonstração de bens, patrimônios, obrigações e também direitos de uma empresa. Este procedimento é realizado anualmente, para que o Fisco acompanhe a evolução e previna irregularidades.

 

eSocial

O uso do eSocial é mais uma possibilidade de apresentação de dados para manutenção da ordem fiscal. Neste sistema, o empreendedor pode organizar sua folha de pagamentos, incluindo:

- Salários;

- Férias;

- Direitos como o 13º e o FGTS;

- Etc.

Utilizando esta ferramenta, os gestores conseguem declarar e emitir os documentos obrigatórios, mantendo as declarações em dia.

 

ECF, PGDAS e DEFIS

Sim, as siglas assustam em um primeiro momento, mas vamos explicar cada uma delas agora, dividindo-as em tópicos para facilitar a visualização.

 

  1. ECF (Escrituração Contábil Fiscal): sistema que valida obrigações tributária, de forma a organizar o envio de todos os dados requeridos pelo Fisco. Vale destacar um detalhe: as empresas que se enquadram no Simples Nacional, sistema de facilitação das obrigações tributárias, estão isentas de trabalhar com o ECF;

     

     

  2. PGDAS (Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples): este, sim, é válido para os negócios presentes no Simples Nacional. Facilita o cálculo, por parte dos gestores, dos impostos mensais, ajudando o empreendedor a declarar os valores necessários;

     

     

  3. DEFIS (Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais): por fim, chegamos ao DEFIS. Ele nada mais é do que o sistema que registra os dados apresentados à Receita. Vale para o Simples Nacional, nas categorias de Microempresas e aquelas consideradas de pequeno porte.

     

Estas são algumas das obrigações dos empreendedores com o Fisco. Como já foi citado, são questões bastante burocráticas, e a melhor opção é o empresário se cercar de equipes especializadas na área contábil. E neste sentido, nos colocamos à disposição do leitor. Somos uma consultoria deste segmento, com atendimento humanizado e que permite uma relação de total confiança e qualidade no serviço prestado.

Por isso, entre em contato conosco para saber mais sobre o nosso trabalho e realizar seu orçamento. Não perca tempo e deixe qualquer risco de desinformação para trás.

Dpto Financeiro 11 99455 6324

Dpto Fiscal 11 99455 0763

Dpto. Contábil 11 95258 7533

Dpto. Pessoal 11 95258 7532

Dpto. Legal 11 99455 9851

Diretoria Comercial 11 99945 7063

Receba nossas últimas atualizações

Fique por dentro