Horário: Seg-Sex 08h00 às 17h30

comercial@trino.cnt.br (11) 4166-5303

Imposto de Renda 2020

Que tal uma ajudinha na hora de acertar as contas com o leão?

Todos os anos as dúvidas sobre o Imposto de Renda seguem presentes entre os brasileiros. Questionamentos acerca dos prazos e dos diversos itens da declaração assolam os contribuintes. Entretanto, é importante entender bem os variados elementos exigidos pela Receita Federal, bem como, estar atento aos prazos estipulados pelo governo para não ter problemas futuros com o fisco.

Apesar de o Imposto ser declarado todos os anos, algumas questões podem confundir bastante o contribuinte. Por conta desse fato, é evidente que a melhor forma de resolver esse problema é estar bem assessorado e orientado por profissionais capazes de auxiliar o contribuinte nas diversas questões referentes à sua declaração.

Estar em dia com a Receita Federal é fundamental para a pessoa física, assim como para a pessoa jurídica. Portanto, é importante lembrar alguns pontos a respeito do Imposto de Renda nesse ano de 2020.

Quem não precisa declarar o Imposto de Renda?

As dúvidas sobre quem está isento e quem deve enviar a declaração também são recorrentes. Nesse sentido, é muito relevante lembrar que nem todo brasileiro é obrigado a declarar seu Imposto de Renda.

Apenas os contribuintes que – no ano de 2019 – obtiveram rendimentos tributáveis inferiores a R$ 28.559,70 não têm a obrigatoriedade de enviar sua declaração de Imposto de Renda à Receita Federal. Também estão isentos os brasileiros e brasileiras que possuem alguma doença crônica, como esclerose múltipla, cegueira, câncer, AIDS, entre outras enfermidades, dentre outras condições descritos no site oficial do órgão.

Mudanças no Imposto de Renda 2020

Algumas alterações na legislação brasileira acerca dessa modalidade de tributação podem confundir ainda mais o contribuinte. Por exemplo, a partir desse ano todos os dependentes listados na declaração devem ter o CPF informado. A partir de 2020 também será obrigatório a informação sobre a alíquota utilizada no cálculo do Imposto.

Despesas dedutíveis

Outra grande fonte de dúvidas dos contribuintes brasileiros são os gastos que podem ser deduzidos na declaração de Imposto de Renda. Obedecendo os limites de deduções, exceto despesas médicas, as principais despesas dedutíveis são com dependentes (pais ou filhos), dispêndios com educação, assim como os gastos com a previdência (social e/ou privada).

Calendário do Imposto de Renda 2020

É muito comum no Brasil os contribuintes deixarem para a última hora a resolução acerca do Imposto de Renda. Entretanto, esse hábito não é seguro e pode trazer problemas, além de atrasar a restituição. Para não correr riscos, é muito importante estar bem atento ao calendário da Receita Federal.

Em 2020, o prazo para o recebimento das declarações de Imposto de Renda começa a partir das 8h da manhã do dia 2 de março. O encerramento será no dia 30 de abril, às 23h59. Neste ano houve mudanças em torno do pagamento da restituição do Imposto de Renda. Em 2019, os pagamentos foram divididos em sete lotes (de junho a dezembro), entretanto em 2020 haverá apenas cinco lotes, que serão pagos entre os meses de maio e setembro (29 de maio, 30 de junho, 31 de julho, 31 de agosto, e 30 de setembro).

 

E aí? Continua com alguma dúvida? Entre em contato conosco e conheça nossos serviços especializados para o IRPF! Estamos prontos para lhe atender! 

 
Receba nossas últimas atualizações

Fique por dentro